2015-10-10

Saudemos esta pausa antes de a tempestade se abater sobre nós

Por momentos, breves momentos, tudo se detém, mesmo os actos formadores das tempestades.
É quando o mundo ganha fôlego para deflagrar sobre si mesmo.
A onda do tsunami.
O abalo maior do terramoto.
O desabamento da montanha.
A erupção do vulcão.

O grito da mãe. 


PG-M 2013
fonte da foto

Sem comentários: