2015-10-22

os já-mitos, enquanto ainda-vivos


Os já-mitos, enquanto ainda-vivos, hão-de postar-se ao teu lado quase invisíveis, hão-de negar honrarias ou pelo menos combatê-las com olhares humildes e palavras simples, e essa humildade, essa simplicidade, nos já-mitos, enquanto ainda-vivos, será exponenciada pelos teus sorrisos de gratidão e frases de espanto perante a sabedoria dos já-mitos, enquanto ainda-vivos, olha-a-grandeza-dele-como-é-simples. Ao invés, se os já-mitos, enquanto ainda-vivos, te olharem de soslaio ou te ignorarem, te pisarem por seres pequeno ou desimportante, verão a sua grandeza agravada e, aos teus olhos simples e humildes, não mais serão respeitados.

Dos primeiros, hoje, quase nada reza; e oramos nós, à míngua de sábios e de firmamento; já dos segundos, caindo um após o outro, está o inferno cheio.

Valha-lhes ao menos a morte, que inclui sempre o perdão universal, e permite que a alguns seja devolvida a primordial ilusão de grandeza.


PG-M 2015
fonte da foto

Sem comentários: