2015-10-25

a mulher em quebra


já são tantas as lágrimas
que o olhar não se forma
só um sopro
uma sombra
só um espelho em tensão
e será dos teus lábios
da pele dos teus braços
dos ossos da tua mão

que nascerá o dia

cada dia
a menina em quebra atrás do vidro
que não faz parte de si
tu à frente, imperial, divina
como só as mulheres
nas pontas da vida
a fazer a carne
dos homens



PG-M 2015
fonte da foto

Sem comentários: