2015-07-14

Dança (glosa)

 
quando os dedos batem nos batuques
vem dançar, faz-me a alma,
como o lamentoso mar na praia
estreita-me, pele na pele,

como as árvores se inclinam ao vento
dobra-me, fica lento,
quando danças extingo-me em ti,
fica aqui, dança aqui,

tantos corpos se ajustam na pista
movimento e os meus olhos nos teus
que só tu tens o voo e o pique
e, se danças, fraquejo

posso ouvir o som dos violinos
muito antes do começo
vem e dança-me até ao delírio
dança suave, dança agora


PG-M 2015
(glosa sobre original de Pablo Beltrán Ruiz, "¿Quién será? (Sway)")
A glosa é apenas um divertimento sem as aspirações literárias de um Cohen - é para cantar e dançar :)
fonte da foto (imagem de Dean Martin e Eva Bartok no filmeTen thousand bedrooms - 1957 - Getty Images)

2 comentários:

Nidja Andrade disse...

Olá Pedro,
Belíssima mensagem!!! Li com muito carinho e deixo o registro da agradável sensação que sempre experimento ao passar por este belo blog...
AbraçO

Pedro Guilherme-Moreira disse...

Obrigado Nidja. Passa sempre!! :)