2015-02-14

Uma da manhã



se deixares passar muito tempo,
vais encontrar-me velho
ou ausente
a velhice é perfeita
a ausência não
há horas que são tarde

e cedo
ao mesmo tempo
mas nunca é cedo
para tomar

as mãos
e pode ser tarde se chegares

depois
se fores errante
e a estalagem te aparecer

na minha porta
passa-a
sem esperar
os nossos velórios e

funerais

são sempre cedo demais

se eu cá estiver
mesmo à uma da manhã
terei um abraço quente
e um café estreito 
se não estiver 

virás frio
eu no vaso
o mais certo
é fecharem a capela mortuária
antes da uma
e os mortos esperarem sozinhos

as horas todas



PG-M 2015
fonte da foto

Sem comentários: