2013-08-27

Ego-free


Antes do facebook e das redes sociais era mais simples escrever coisas bonitas. Mas a beleza de certos aforismos está a perder-se por desgaste. Eis o que escapa aos escritores que não frequentam estas coisas: saber o que já não é preciso escrever. Claro que aqui há um problema de profundidade. Que não é só dos mais novos, como se diz. Aliás, nos mais novos a necessidade de rebeldia traz mais e melhores murais. Mas falta pensar. E que o motivo que nos leve a escrever sejam os outros, e não nós. E que nós só possamos aparecer na medida em que servimos a todos.

PG-M 2013
fonte da foto

Sem comentários: