2013-07-26

O adágio da margem sul


A melhor prenda de anos - das melhores de muitos anos - veio de um velho novo adágio da margem sul que diz assim e vai gravado a ferro candente:

"A forma como toleras o abstracto, como aceitas e agarras as pontas do inferno, são no mínimo alguns anos a virar frangos. O resto é teu, bem entendido. Mas és único."

Com ou sem piri-piri, é a minha eternidade. De uma pessoa primeira. Não me pergunte qual.

PG-M 2013
fonte da foto

PS, anotando, "Pareceste-me tão familiar como os caminhos que percorro sem pensar, os que faço e que são meus."

Sem comentários: