2012-01-08

Eu nunca disse um poema meu

Eu nunca disse um poema meu
Eu nunca soube dizer nenhum
Começo e apago a voz
e as palavras finas
quebradas


com aquela pressa triste

e leio

mecanicamente a chuva
mecanicamente as lágrimas
E as pessoas ali
ou no futuro a olhar
à espera de mim
todo

Acontece que eu em pequeno
já trocava as coisas e
punha poemas no dorso
dos cães
e restos de comida
na adversativa
e dobrava as coisas todas
engomando intransitivos

Os meus colegas dos encontros
literários
ficavam rindo baixinho
acotovelando
o parceiro
claro que não disse nenhum poema
dele, diziam,
se nunca escreveu nenhum!

e riam

Eu nunca disse um poema meu
Eu nunca fiz uma sombra tua
Eu nunca ergui o meu corpo acima
de nada
Eu nunca urdi um silêncios deles
para me ouvir

Sou não poeta poema e que me lembre nunca disse sequer em ambiente informal um poema

meu
e isto é mesmo verdade
poema nenhum

PG-M 2012
fonte da foto

Sem comentários: