2011-12-09

A intolerável beleza


sempre que a beleza
raia
vibra
toca

é como se o sangue corresse por fora
dos corpos, fica-se
surdo
nu

os olhos secos
os lábios líquidos

fica-se pássaro à morte
o bico a extinguir-se
no véu das

asas


PG-M 2011
fonte da foto

Sem comentários: