2011-12-02

Em Dezembro


Tinhas morrido em Novembro
e em Dezembro


ceámos sem ti


havia prendas nos pés
e sapatos
nas varandas
e varandas
nas mãos, e mãos
no canto surdo dos umbrais


esfreguei violentamente os olhos
e a neve a cair
e as lágrimas
duras


ping ping
splash
splash


o choro é um silvo
fiúúúúúú
fiúúúúúú


os barcos passam no rio
as luzes
o tempo


será natal em breve
hoje mais tarde

PG-M 2011

Sem comentários: