2011-09-14

As mulheres da televisão

As mulheres da televisão
são violinos
com fio de ébano nos contornos
e alma.
A alma
é uma peça cilíndrica cravada sob presão
por dentro do corpo
para ligar o tampo ao fundo
e potenciar a emoção.

O construtor procura por tentativas
o ponto ideal
e a pele.
A pele
alinha-se em folha de faia
epícia
e ácer
e as cordas das mulheres da televisão são vibradas
pelo arco
que vem dos cavalos livres
por supinação.
Há vésperas de stacatto
com lágrimas sempre
tácitas, a raiva
intuída, a arte
sofrida.


nos dias maus em que os primatas civilizados reclamam o direito à inivisibilidade
as mulheres da televisão
estão a gravar
e há sempre um cabrão na internet
a chamar-lhes grandes putas
As mulheres da televisão são impolutas


puras
francas
claras
enfiando as cabeças nos ecrãs
primordiais
nas conversas viscerais
da solidão
quando era um quarto
o mundo




As mulheres da televisão
não querem ser como estão
untadas de perfeição


e são frequentemente encontradas nos espelhos da planície


a despojar tristeza
e óxido de ferro
com toalhetes húmidos




PG-M 2011
fonte da foto

2 comentários:

elbett disse...

Escriba mágico!
Perfeito.

Alexandra A. disse...

Muito bom. Parabéns por essa tão lúcida sensibilidade.