2011-08-29

Masturbatório encantado

Ofereci-te o corpo todo
de fronteira
não as mulheres
nem a alma
nem a ideia
de tê-las na minha cama
e dar-lhes tudo
e a distância


em casa a pele
o peito
o colo e o corpo todo
e, foda-se, amo-te
a ti e a mais ninguém


a ti e à margem todas
as mulheres


vês, pelo fumo
do cigarro,
os dois planos - elas nas nuvens
tu no chão
a nudez e a minha língua


sem muros


PG-M 2011
fonte da foto

Sem comentários: