2011-08-01

Em Agosto

Em Agosto, os cavalos indomados
e a multidão
serão amarrados
na cerca
de um espaço livre
há uma fúria nova
no ar
copia a canção do LaMontagne
e desce do topo
estaremos todo o mês no terreiro
a anoitecer
e o trigo limpo
e todos os cavalos selvagens com
lágrimas

Em Agosto
ama-me
na cigarrilha que fumo
na multidão transparente
no lapso cortês

mas principalmente

na estupidez

PG-M 2011


fonte da foto

Sem comentários: