2011-06-17

Fernando, Mário e uma espécie de decência perante o mundo

Hoje somos amigos, eu e o Frei Fernando, mas tudo começou nestas intervenções na Sic Notícias. Rapidamente percebemos que não é de religião - nunca é de religião, que se fala, mas de bondade, e de como a bondade e só ela, sem qualquer utopia - mas como revolução urgente de atitudes -, pode realmente mudar o mundo. O fraseado pode aparentar uma insuportável inocência, mas vejam e depois contem. Fernando é um homem bom, que não alinha gratuitamente com nada nem ninguém. E livre.

Sem comentários: