2011-04-20

A capa d'"A manhã do mundo" - que passa a ser vossa

Emoção. Hoje mesmo, ao vê-la, um bombeiro que resgatou corpos dos escombros me disse que estava "bela e triste". E que a emoção lhe tinha feito bem. É o mais importante, é a essência deste livro: as pessoas. Emoção fortíssima foi também a que eu senti - foi a mais intensa de todo o processo editorial deste meu livro, que sai com a chancela da D. Quixote a 16 de Maio - quando a Maria do Rosário Pedreira me enviou esta obra de arte do Rui Garrido - e eu, que tinha ideias e mais ideias, calei-me. Emocionado, claro. Agora é vossa, para desfrutar e partilhar, até que o conteúdo chegue:).

1 comentário:

Cristina Torrão disse...

"E que a emoção lhe tinha feito bem" - as emoções fazem sempre bem, tenhamos coragem para deixá-las tomarem conta de nós.

Parabéns, é bonita, sim :)