2011-01-17

O lado assassino de cada um explicado às crianças

Quem acompanha boas séries reconhece, certamente, aqueles episódios que valem, senão toda uma temporada, pelo menos um bom filme. O episódio 7.10 de Desperate Housewives (ao fim destes anos todos, convenço-me de que é difícil haver melhor série e, havendo-a, nenhuma é melhor escrita do que esta) mostra, de forma simples mas contundente, o lado primário de todos nós, e de como o cenário mais simples se pode subitamente descontrolar, mudando-nos as vidas para sempre. Um antigo morador, traído pelos seus vizinhos quando injustamente acusado e preso, culmina neste episódio uma vingança na qual se empenhou em fazer de cada um deles um perigo para si próprio e, conseguindo-o, comprometendo toda uma comunidade e, num terceiro patamar, de novo a vida de cada um. Acontece todos os dias, assim deixemos que a lucidez e o bom-senso nos abandone por um momento que seja. Como todas as coisas sobre as quais perco tempo a escrever, e porque ninguém me paga para tal, é - sim senhor - imperdível. A temporada 7 ainda está por chegar às televisões portuguesas, e mesmo os que não são seguidores habituais conseguem apanhar o fio à meada facilmente. Para quem não faz tenções de seguir, aqui tem treze simbólicos minutos.


Sem comentários: