2010-12-08

À quarta

À quarta,
amas-me ao centro
do mundo,
longe das margens, no fundo
do teu regaço,
a meio do que há-de vir


À quarta, deixo-me amar
sem partir


Fonte da imagem

2 comentários:

António R. disse...

O silêncio é o maior inimigo da comunicação e a falta desta mata o amor. Por isso falar de amor todos os dias da semana como bem faz nesta sua série de posts dedidacos a cada dia da semana, devia ser praticado em todas as famílias.

Pedro Guilherme-Moreira disse...

Obrigado, António. Como é bom quando se capta a essência.