2010-06-01

Ante-poema

Já perdi por duas vezes um poema
sobre um sorriso que esmoreceu.
Deixo aqui afixada
a ideia o convocar.
Lá onde estão os versos
tudo é vago.
Não sei se é no hipotálamo
se no hipoblasto. 
Não sei se é fora ou dentro.
Sei que o espero.


PS: fonte da imagem

2 comentários:

Isabel disse...

Maravilhosa, a ideia de poema...

Pedro Guilherme-Moreira disse...

Obrigado, Isabel. Demasiados livros, excessos literários, dizes tu no perfil? Foi com um enorme sorriso de gratidão que li o teu comentário:)