2010-01-01

Ignorância ganha finalmente o circunflexo

Estou profundamente emocionado nestas primeiras horas de 2010. Há seis anos e meio, quando nasceu este blogue, numa véspera de São João, noite grande cá no Porto e no mundo, noite em que todos os meus poros se preenchem sempre de centenas, milhares, de elementos, os mais diversos elementos, da voz de uma pessoa ao troar de duas nuvens, das luzes da rua aos acordes de um instrumento por tocar, eu sei lá, não, não é assim todos os dias, costumo ficar cego à diversidade de elementos e atento ao detalhe, enfim, nessa noite o software do Blogger, que ainda não era da Google, não me deixou pôr o circunflexo em "Ignorância", e eu fui tentando anos fora, sem sucesso (aparecia sempre um daqueles heróglifos sem sentido).

Hoje, ao chegar a casa da noitada, bem cedo por sinal, porque gosto de exagerar nas horas a sós, agora, noite dentro, olhei para o título, lá em cima, incompleto, falso, a precisar do conforto de um chapéu, ou de um assento para o acento que lhe é devido, e fui editar o título com a quase certeza de que as tecnologias já o permitiriam.

Vendo o produto acabado, fico orgulhoso.

Ofereci o circunflexo à minha Ignorância.

PS: Este post é, aparentemente, sobre nada. Mas é só aparentemente:). E eu quero que tenham um enormíssimo 2010. Quando dizem que nada muda, é mentira. Há todo um universo de diferença entre ter uma ano pelas costas ou tê-lo pela frente. Hoje é só um do um! Um por todos, e todos por um :)

Fonte da Imagem aqui

Sem comentários: