2009-12-31

O final de ano no temporal solar do meteorolgista corredor...

(Nota Prévia: este post tem um longuíssimo título e um curtíssimo conteúdo. Não assumimos a responsabilidade por quaisquer efeitos secundários:)

Título do Post:

"Final de Ano no temporal solar do meteorolgista corredor que hoje saiu para a areia pelas quatro da tarde debaixo de sol e debaixo de chuva e não pressentia que acabaria a pontapear tangerinas na crista das ondas de Myazaki ao tempo em que estas estendiam os seus braços de espuma na preia mar para lhe apanhar os pés ou até parte do corpo e assim dar cabo do ano por entrar de dois mil e dez, que o meteorolgista corredor prenuncia como o ano das urgências depois das longas paciências, e sabe que serão os trezentos e sessenta e cinco dias em que vingará ou morrerá, porque acontece que ele saiu para areia e não sabia que ia confundir um saco do lixo preto com um labrador a agonizar, mas isso é por não levar óculos, não sabia também que ia conhecer as tempestades de sal que são suaves e amistosas, e apesar de ele se chamar meteorologista corredor, o que lhe dá estatuto para discutir o tempo com os velhos sábios e quem raramente erra é ele, apesar de ele se chamar isto hoje quase errava o sentido do vento e da chuva, disse primeiro sudoeste, depois sudeste, mas mudou a tempo para noroeste por causa dos aguaceiros rápidos, tudo o que traz sol súbito vem de norte, afinal como ele próprio, o meteorologista corredor que passou o final de ano no temporal solar das tempestades de sal sobre a areia e até viu uma coisa espantosa, aquelas pedrinhas que no Verão nos magoam os pés junto à suave rebentação, sabem?, essas pedrinhas estavam hoje estendidas pela área espantosa de uma praia inteira até às dunas, e como ele corre de sapatilhas e estava a precisamente no fim da corrida, parecia uma espécie de céu chão, e foi um momento belo de anúncio de grandes entradas e saídas, e é por isso que ele resolveu escrever as seguintes palavras sob este título."

Texto do Post:

Um grande ano de 2010 para todos!

Foto: a minha oficina de escrita, hoje (agora) às cinco da tarde, do lado de cá das dunas, que o lado de lá é precisamente onde correu e corre previamente o singatário, sobre as ondas de Myazaki:))). Hoje fecha às 18h, e reabre às 23:30h.

Sem comentários: