2009-10-25

Frei Fernando Ventura e a Sabedoria

Para quem esteve distraído, por favor fixe este nome: Fernando Ventura, frade capuchinho, homem sábio. Para agnósticos, ateus, crentes, católicos praticantes ou nem por isso, ignorantes, diletantes, honestos ou desonestos intelectuais, para todos, com Saramago ou contra Saramago, não vão por mim. Vejam este inolvidável (muitas vezes inefável e tocante) momento de televisão. A sério, não vão por mim. Querem um "tease"? "Saramago tem razão, Deus não existe" ou "Podiam ter acusado Jesus de ser pedófilo."

20 comentários:

Anónimo disse...

Frei Fernando Ventura,para saber mais sobre o autor e o seu trabalho, livro: Roteiro de Leitura da Bíblia.Editorial Presença

Joao Rodrigues disse...

Tivessemos conversas como esta em prime-time e talvez muita coisa estaria diferente... ou pelo menos todos seriamos mais cultos. Mas não... as novelas da TVI e os Idolos da SIC é que ensinam e educam.

Fatima disse...

Tenho orgulho de ser amiga do Frei Fernando, homem sábio, inteligente e humilde. M. Fatima

Pedro Guilherme-Moreira disse...

É amiga, Fátima? Então gostava muito que partilhasse isto com ele, e que nos pusesse em contacto.Obrigado

Fatima disse...

Tenho o previlegio de conhecer pessoalmente o Frei Fernando, já lhe enviei a pagina do seu blog espero que tenha tempo disponível para entrar em contacto com o Pedro Guilherme, já que é uma pessoal muito ocupada, quando o encontro ou esta em Italia ou em Barcelos, já o encontrei em Miami (messenger)faz uns tres anos que foi a Venezuela. Um Bom amigo.

Anónimo disse...

Isto está sem som a partir dos primeiros minutos...
Cumprimentos,
AA

Anabela disse...

adorei ouvi-lo na SIC, é bom saber k existem pessoas assim tão lúcidas,
Ahhh, como seria bom k isso se contagiasse!!!!

Pedro Guilherme-Moreira disse...

Meu caro anónimo AA, estive a ouvir toda a entrevista hoje,e tinha som.

Pedro disse...

Talvez Portugal precise novamente de grupos de pensadores oficialmente formados que andem a desmascarar e a divulgar as ideias que as pessoas com grande poder decisório no país andam constantemente a mascarar.

Eu peço a todas as pessoas que neste momento de crise venham para a rua e convivam com os vizinhos em vez de se fecharem em casa com os problemas e atrás da televisão. É muito importante estarmos sempre a divulgar as tradições portuguesas. Portugal formou-se através da cultura e não através das televisões e de políticos. Portugal formou-se por comportamentos activos e não por sermos passivos.

Anónimo disse...

Concordo consigo Pedro quando diz:" Portugal formou-se através da cultura e não através das televisões e de políticos."
Fiquei a conhecer e admirar este senhor só ontem, uma vergonha pois até vivo em Matosinhos.

Bruno disse...

É incrível a movimentação que este vídeo está a criar nas redes e na net. Acho que de certa forma apesar do silêncio, muito gente se está a rever nos pensamentos do Frei e isto cria agitação. Alguém teve finalmente coragem de exteriorizar tudo isto e logo na TV.
Este homem tem capacidade para criar esse sentimento do colectivo. Vejam o que se está a passar aqui (neste blog), no facebook e outros. Não é isto já uma manifestação de uma consciência de grupo? Eu acho que sim. Para haver uma revolução tem que haver um grande sentimento de grupo e isto podia ser um excelente começo.

Victor Sarmento disse...

Frei Fernando! Parabéns pela sua clareza e simplicidade, aproveito para reforça e VERDADE!

FAPLX disse...

Acabei de ver .... e senti... esperança... de que é possível ainda falar verdade, com calma e honestidade para com o semelhante... .
Precisava de entrar em contacto com o Frei Fernando para o convidar a dar uma palestra sobre os temas abordados na entrevista, principalmente os da educaçao. Alguem me pode facultar o contacto?
Antonio Lopes

Moderador disse...

Uma excelente entrevista a alguém que tem consciência dos problemas que estão por vir. No entanto, talvez por desconhecimento não aponta as verdadeiras causas e não aponta soluções. Não esperem lideres nem Messias, ou as pessoas usam a cabeça ou estamos condenados. Analisem profundamente: www.novacomunidade.org

O Som do Tambor disse...

Ouvir este homem foi um dos momentos mais inspiradores que tive nos ultimos tempos. A sua participação no jornal das 9 da SIC do dia 2/10 traduziu-se por um elevado momento de lucidez, oportunidade e atenção ao essencial, na análise que faz da nossa situação politica e sócio-cultural. Obrigado Frei Fernando Ventura. Continue a ser o que é e que Deus o abençoe.

Anónimo disse...

Só agora vi esta entrevista, há muito recomendada por um querido amigo. Ouvi com um misto de respeito e emoção, o discurso de um homem cuja lucidez traduz, na simplicidade das palavras, o choque e indignação que sente um colectivo, gente, "heróis" e reféns duma crise, afinal,todos Nós. Frei Ventura,pela sua ombridade, dará lições em Belém,em S. Bento,sem dúvida. Obrigado!

Portugalete disse...

estive a ouvi-lo na Tsf,e cheguei à conclusão que o Frei é um grande vendedor de banha de cobra. tem uma falta de humildade enorme.Sabe de tudo e critica todo mundo. Tem uma agenda escondida,todo o seu discurso vai nesse sentido. Esquece que este primeiro ministro que critica também por falar mal o inglês,ganhou dois actos eleitorais democraticos, e no segundo,não conseguiu a maioria porque os que o frei quer por no poder, foram escabrosos na sua campanha. Gostaria de o ver criticar as corporações, como juizes empresários,que delapidam milhoes ao pais com a sua incompetência e laxismo. Criticou o Magalhaes porque ele não lhe responde... Frei até 2008,os resultados no nosso pais foram bons que permitiu aumentar o apoio social. Como a sua honestidade não é muita,passa por cima dessa realidade que é Mundial que é uma crise superior há 1929. Portugual hoje é um pais mais moderno do que no pasado recente. Dê esperança as portugueses,e deixe-se de conversa da treta. Falar sem contraditório é fácil quando isso acontecer o frei vai cair do pedestal e cairá no lugar que merece, o esquecimento,que é o poiso eterno dos demagogos

Pedro Guilherme-Moreira disse...

Meu caro Portugalete, é precisamente por causa desses ataques a gente boa que não tem de a temer. Não se aflija, que nem o Frei nem ninguém que se interesse realmente por este país quer pôr ninguém no poder, muito menos ir para lá. Eles que se lambuzem. Sabe o que me parece que não é capaz de admitir? Que há mesmo gente com capacidade e que não é impossível fazer o bem sem interesse próprio. Se o meu caro tiver feito pelos outros metade do que o Frei fez até ver, tiro-lhe o chapéu.

Fátima disse...

Com o Roteiro para a Leitura da Bíblia e com mais algumas ferramentas que me foram dadas não só por Frei Fernando Ventura mas também por outros Capuchinhos, estou a iniciar o estudo e a interpretação da Bíblia, tarefa que jamais pensei conseguir levar a cabo. Bem hajam por esta descoberta fascinante!

José Gabriel disse...

Alguns definem-me como católico "praticante" porque vou à missa todas as semanas e rezo todos os dias. Mas para mim o católico praticante é aquele que não tem medo de falar verdade, como Frei Ventura, e defende para todos os outros mais do que aquilo que deseja para si. Não acredito na frase "a minha liberdade acaba onde começa a dos outros". Como povo somos um corpo colectivo que não pode apenas parte ser bem tratado. Por vezes penso, como seria óptimo termos um Santo António entre nós agora!