2009-07-10

40 (um beijo meu e mais vida)

Hoje quero ser frugal. Pouco mais de um beijo.

Tem sido uma aventura quimérica até aqui.

Doce, brutal, bonita.

Ser marido e pai são as maiores realizações altruistas vida.

Ser escritor é finalmente a implementação prática de toda a minha essência.

Gosto das rugas e dos cabelos brancos, não gosto tanto das dores no corpo, mas desacelerar também nos faz ver coisas novas. O tempo que pensávamos não ter, por exemplo.
As pessoas que pensávamos perdidas para sempre.

Estou com vontade de ir até ao fim da linha feita média. O dobro, pelo menos:)

E neste dia tenho que agradecer a dois tipos de pessoas:

Aos que gostam de mim e aos que me respeitam.

Um enorme bem-haja a todos.

Pedro Guilherme-Moreira

Sem comentários: