2005-07-12

A CURVA DO CAMINHO


Dos já milhares de quilómetros percorridos a correr neste percurso entre Francelos e Miramar, esta sempre foi a minha imagem favorita. A minha curva do caminho no passadiço soberbo de quinze quilómetros que por lá deixaram um destes dias. Não se diz onde fica, descobre-se. Daqui se vê meio infinito até Matosinhos. No Verão, tem gente por perto, mas no Inverno é despojada, quase minimalista, sempre luminosa, mesmo durante aquelas magníficas tempestades de sul. PG-M

Sem comentários: