2005-03-22

Perspectivas

Já hão-de ter reparado que eu só cá venho falar de futebol quando o FC Porto está na mó de baixo, se exceptuarmos a celebração do caneco da Liga dos campeões.

E faço-o por uma questão de perspectiva, já que o FC Porto, os portistas, e, numa injusta confusão, os portuenses, são sempre maltratados por causa das insignificantes derrotas de uma equipa de futebol.

Hoje, excepcionalmente, apetece-me ser prosaico e irónico.

Dei hoje comigo a cometer a asneira de ouvir comentários futebolísticos, e todos são unânimes em dizer que o FCP vai perder tudo este ano.

Ora, "tudo" é a Liga dos Campeões (que todos os outros clubes portugueses perderam sempre, neste formato dos ricos), a Taça de Portugal, a Supertaça Europeia (que todos os outros clubes portugueses perderam sempre), e, garantem já, o Campeonato Nacional, que querem já entregue com 24 pontos em disputa.

OK. Uma desgraça.

Este ano é um deserto de sucessos, pois realmente ser CAMPEãO MUNDIAL e vencedor da Supertaça Nacional é nada...

Não ganhar nada é isto.

Esperemos que à desgraça do futebol português (vice-campeão europeu e com o melhor treinador do mundo) se some a vitória do Sporting, em casa, na Taça UEFA, algo que eu considero o actual maior desígnio futebolístico nacional - e aqui não há ironia.

Resta concluir dizendo que a maior vitória do ano seria mais uma manutenção da Académica.

Para quem, reitero e repito, é portista e desportista, isto é realmente dramático.

Ah, e já agora, tambem sem ironia, parabéns ao Sporting, pela sua natural e justa vitória sobre o meu FCP, que, jogando fraco, me honrou pela entrega e abnegação de uma disputa psicologicamente muito dura - e eu, sinceramente, importo-me com esse tipo de comportamentos, e perco tempo com estas derrotas, não tirando prazer nem tempo nenhum de e para vitórias arrogantes e sobranceiras.

A tal equipa já enterrada, que, mesmo assim, lá juntou este ano, até ver, .mais dois míseros troféus à vitrine do Dragão, esse estádio malandro e embruxado:)))., onde o Gil Vicente vai já para a semana ganhar por seis a um, para gáudio de todos os que eregem a sua alegria sobre a menor graça dos outros.

Ora toma..

Perspectivas...

...o respeitinho é muito bonito...

Pedro Guilherme-Moreira
Nascido na Freguesia da Sé, PORTO, com um orgulho desmedido que nunca esmorecerá, outrora habitante nas Antas, Porto, e atleta da secção de voleibol do mesmo clube ora enterrado, onde nunca ganhou nada a nível pessoal, a não ser uma descida para a segunda divisão, no ano em que a saudosa secção de voleibol do FCP terminou;

Sem comentários: